Polícia procura serial killer suspeito de matar família no DF

Polícias do Distrito Federal e de Goiás estão à procura de um serial killer há seis dias. Trata-se de Lázaro Barbosa, de 33 anos. Ele é suspeito de matar uma família de quatro pessoas. Também atirou em outras três, invadiu propriedades, roubou um carro, trocou tiros com um fazendeiro e segue em fuga. 

A operação de busca contra o suspeito, que segue nesta 2ª feira (14.jun), conta com mais de 200 policiais. Também nesta 2ª, a família da qual ele é acusado de matar foi sepultada. 

O crime contra eles foi cometido na última 4ª feira (9.jun), na cidade de Ceilândia, no DF. O pai, Cláudio Vidal, de 48 anos, os filhos Gustavo, 21, e Eduardo, 15, foram mortos a facadas. A mãe, Cleonice Marques, 43, foi sequestrada e encontrada morta três dias depois. As investigações ainda apuram se houve violência sexual contra a mulher.

Ao SBT, o irmão de Cleonice, Ivan Rodrigues, lamentou as mortes e destacou a frieza do suspeito. “O cara parece que é louco de fazer um negócio desses. Porque matar três e, depois, sair com corpo. A distância é de 5 quilômetros. Trouxe ela pra cá, deve ter judiado dela e foi até matar”, disse.

Após matar a família, Lázaro fugiu para o Goiás. No sábado, ele atirou contra três pessoas da cidade de Cocalzinho. E foi visto pela última vez no domingo (13.jun), próximo a cidade Edilândia, onde roubou um carro. A polícia chegou a ir atrás dele, mas ele conseguiu fugir ao entrar em um matagal.

Para localizar o suspeito, os agentes trabalham com cães farejadores. Além de barreiras feitas com viaturas e uso de helicópteros e drones. Em caso de informações, a polícia deve ser contactada.

Deixe um comentário