Ceará projeta recorde de produtividade na colheita do algodão

O Ceará pode bater um novo recorde de produtividade na colheita do algodão. Isso porque em fevereiro de 2021 foram plantados 600 hectares na fazenda Nova Agro, em Juazeiro do Norte. Eles se somaram aos outros 700 hectares da região.

De acordo com cálculos da Sedet, a colheita, que ainda nem foi concluída, será superior à média nacional, próxima de 300 arrobas por hectare.

“O motivo foram os importantes investimentos em tecnologia e manejo. A parceria com a Embrapa, que nos ajudou a selecionar as variedades mais adequadas para nossa região, o trabalho no solo, que faz com que ele armazene mais água, e investimentos em irrigação foram fatores que elevaram nossa produtividade”, afirma Daniel Borges, administrador da fazenda.

A iniciativa faz parte do Programa de Modernização do Algodão do Governo do Ceará, executado pela própria Sedet, em parceria com Embrapa, Centec, Ematerce e instituições ligadas ao setor.

Além da região da Chapada do Apodi, há áreas de experimentos em Iguatu, Missão Velha, Brejo Santo e Milagres. Segundo IBGE, em 2020, o Ceará plantou 2.919 hectares. Este ano, a expectativa do Estado é que supere a área plantada em mais de 3.234 hectares.

Por Focusjorn

Deixe um comentário